sábado, 27 de setembro de 2014

CAIXAS DE CARROS (CAR BOXES)

Rodas cinzas, capotas brancas e design arredondado. Assim eram os cinco carros Playmobil clássicos fabricados no fim dos anos 70 pela TROL.

Uma segunda geração de carrinhos surgiria mais adiante, com rodas pretas, emborrachadas. Um buggy branco, de lazer, também consta em catálogo. Já perto da década de 90, viria o jipe vermelho rebocando duas motos de corrida, apresentado abaixo. Um monoposto de corrida (Texaco) e um carro de rally (Castrol), ambos na cor branca, seriam lançados em seguida. No fim da era TROL, chegaria o carro da lanchonete Franky's, em vermelho e branco. E também o carro de Polícia preto e branco, quando a empresa já havia trocado de nome para Inbrima.

Após 1993, com a fabricante Estrela, novos modelos apareceriam, como o monoposto vermelho, os jipes azul e amarelo e mais dois carros de rally: um branco e outro amarelo. Um carro de passeio na cor azul, com formato bem diferente dos demais, também foi comercializado pela Estrela. O mesmo carro de Polícia preto e branco fabricado nos estertores da TROL voltaria às lojas, agora com o logotipo da Estrela na caixa.


TROL 23.21.0

TROL 23.21.5

TROL 23.21.6

TROL 23.21.7

TROL 23.21.9

TROL 23.47.8

ESTRELA 30.12.11

ESTRELA 30.12.12

ESTRELA 30.14.10

Classical Playmobil cars mint in box
Coches clásicos de Playmobil en caja


4 comentários:

  1. Belo post Zerocal!

    Mais um pouco de aprendizado para quem gosta, curte mas conehce pouco das caixinhas antigas!

    Interessante reparar que alguns acessórios são comuns à todos os carros e a quantidade de acessórios, tanto para os carros quanto para os bonecos é considerável!

    Uma dúvida: - a numeração das placas é diferente, certo?

    Confesso que não entendo essa numeração das caixas! O que era levado em consideração para numerá-las?, a ordem de lançamento?, o tema adotado?... (rs! Por exemplo, se o tema foi carros, porque não sequenciar xx.yy.0, xx.yy.1, xx.yy.2 e assim por diante...)

    Pelo que pude perceber também, as caixas estão muito bem conservadas. Parabéns!

    Outra dúvida: - você as guarda na forma original (sem dobrar)?

    Abraços, Marcius Victor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Marcius,

      Sim, cada carro tem uma placa diferente.

      Quanto à numeração das caixas, isso sempre foi um mistério para mim também... Lembrando que a TROL seguia a numeração da fabricante alemã, apenas acrescentando o algarismo "2" na frente do código. Assim, o carro de polícia "3215" da Geobra se transforma em "2-3215" e ganha pontos decimais, ficando "23.21.5" na TROL.

      Enquanto eu tiver espaço em casa, vou tentar guardar as caixas sem dobrá-las, sim... Mas tá ficando difícil... rs!

      abs!

      Excluir
  2. Pois é Zerocal, essa questão da numeração é sempre uma dúvida rs, até mesmo atualmente.

    Alguns sets mais novos seguem uma "lógica", por exemplo, Idade da Pedra 51xx e assim vai para todas as caixas da linha; outro exemplo, Dinossauros 52xx e todas as caixas seguem a sequência. Menciono estas duas linhas pois recentemente fiz uma pesquisa sobre todas as caixas... rs Mas percebemos que algumas outras linhas também vão com esta ideia porém, nas caixas mais antigas não percebemos isso. Confesso que me intriga um pouco!!!

    Mas, vai lá, querer entender o cabeça dos idealizadores, dos projetistas não é fácil. O legal é que em outras distribuições também existe a numeração, pelo menos percebe-se um "padrão".

    rs Sempre volto em alguns posts para aprender e tirar algumas dúvidas. rsrs

    Forte e fraterno abraço, Marcius Victor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo, Marcius:

      Impossível compreender a cabeça dos idealizadores naquele primeiro momento dos anos 70... Pelo menos hoje em dia, a numeração parece seguir alguma lógica.

      abs!

      Excluir